Polícia Científica do PR inicia projeto de Análise Forense de Vestígios de Solo

No última terça-feira, dia 15/06, a Polícia Científica do Paraná (PCP) deu início ao seu projeto envolvendo a coleta, análise e interpretação de vestígios de solo e sedimento coletados em cenas de crime, cujo desenvolvimento ocorre com o apoio dos Peritos Criminais Federais Dr. Fábio Salvador e Paulo Akira do Setor Técnico-Científico da Polícia Federal em Curitiba (SETEC/PR) e dos pesquisadores Dr. Vander Freitas e Matheus Pereira do Centro de Ciências Forenses (CCF) da Universidade Federal do Paraná (UFPR).


A partir dessa colaboração institucional, um treinamento destinado a Peritos Criminais Oficiais do Instituto de Criminalística (IC) do Estado foi realizado na sede do órgão, onde, a partir de simulações de casos reais, foram demonstrados protocolos nacionais e internacionais de reconhecimento, isolamento, coleta, fixação, acondicionamento e transporte de vestígios de solo de locais de crime, veículos, vestes e outros objetos de interesse criminalístico, em conformidade com as etapas da Cadeia de Custódia definidas no Art. 158-B da Lei n° 13.964/2019. Concluído o treinamento, os peritos participarão de uma fase piloto, envolvendo a aplicação de tais técnicas em situações de ocorrência policial, dando início a um banco de dados.


Este projeto, inédito no Brasil, deve servir de modelo para ser replicado nos demais Institutos de Criminalística estaduais, demonstrando, cada vez mais, a necessidade de se unir Ciência e Segurança Pública.



Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

Veja Também

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: