Solos e Microvestígios

Linha de Pesquisa

Solos e Microvestígios

Análise e correlação entre vestígios de solos coletados em cenas de crime.

A Ciência do Solo Forense

Muitos são os fatores que influenciam na formação de um solo, como clima, geologia, relevo, organismos e tempo. Devido ao efeito conjunto destes agentes, o solo pode ser considerado um material de altíssima variabilidade, onde cada centímetro coletado pode ser diferenciado por meio de análises qualitativas e quantitativas. Uma vez que uma amostra de solo jamais pode ser idêntica a outra, não importando a proximidade, a determinação do grau de similaridade entre vestígios de solo encontrados em cenas de crime é uma informação importantíssima a ser considerada pelos investigadores criminais.

Entre as diversas características que podem ser mensuradas no solo, as principais são referentes a sua composição química, mineralógica, orgânica e biológica. Esta assinatura do solo pode ser obtida por meio da aplicação de técnicas analíticas espectroscópicas, difratométricas, cromatográficas e microscópicas. Logo, a ciência do solo forense está sempre acompanhada de sua interdisciplinaridade

Devido a alta capacidade de transferência e retenção do solo a diferentes tipos de superfícies, é comum que investigador de local de crime encontre esse material aderido em peças de roupas, sapatos, veículos, ferramentas ou até mesmo na pele humana. Para isso, há diversos protocolos desenvolvidos por institutos de pesquisa no mundo, em prol de padronizar a coleta, análise e interpretação desses vestígios, tornando possível a comparação direta entre diferentes casos criminais.

Protocolos de coleta, análise e intepretação

de vestígios de solo

Publicações
dos Grupos de Pesquisa

Pedologia e Mineralogia do solo aplicadas às Ciências Forenses (Tese de Doutorado) 

                         

The forensic potential of a pedological spatial database in predicting the provenance of soil evidences: building dynamic probabilistic models based on multidisciplinary data (Dissertação de Mestrado)  

                   

Microvestígios em solos: separação e análise geoquímica para banco de dados forense georreferenciado (Monografia de Conclusão de Curso)
               

Aplicações Forenses das análises sedimentológicas e palinológicas de praias de água doce na planície costeira do Rio Grande do Sul – exemplos das regiões de Pelotas, São Lourenço do Sul e Arroio Grande (Monografia de Conclusão de Curso)

           

Caracterização de solos para aplicações forenses na região de Porto Alegre (RS) (Monografia de Conclusão de Curso)

                   

Análise e caracterização de solo do paralamas de três veículos com finalidade forense (Monografia de Conclusão de Curso)

50° Congresso Brasileiro de Geologia

Brazil as a main route for international narcotics trafficking: exploring soil evidences found in seized load at the Port of Paranaguá

Predicting the provenance of soil evidences through probabilistic models: the forensic potential of a multidisciplinary pedological database

Forensic sediment analysis: an example from lagoonal beaches in Rio Grande do Sul

Forensic sediment color analysis: preliminary results from an innovative approach to CSI 

InterFORENSICS 2019

Validation of a Standart Operating Procedure (POP) for forensic soils in Brazil: application to a simulated blind sampling

InterFORENSICS 2017

Soil analysis by X ray diffraction and Rietveld method for forensic purposes

X ray fluorescence analysis of sand and clay fractions in soils for forensic purposes

Evaluation of soil trace in a real crime scene

V Encontro Nacional de Química Forense

Uso forense de solos a partir de análises químicas e físicas das frações areia e argila

Caracterização química, física e mineralógica de solos da região metropolitana de Curitiba de interesse forense

XXXI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo

Métodos Químicos, Físicos e Mineralógicos na Caracterização de Solos da Região Metropolitana de Curitiba (PR) para Fins Forenses